Não sei se somos da mesma geração, mas eu era da época que chocolate quente em casa era do tipo Nescau mesmo. Como eu morava no Rio de Janeiro, era comum a gente pegar a serra para Teresópolis ou Petrópolis, e era lá em cima que eu tomava aqueles chocolates quentes gostosinhos, com gosto caseiro, daqueles que a gente toma devagarzinho para não queimar os lábios e segura o copo com as duas mãos, para esquentar as palmas também.

Claro que depois veio a gourmetização dos chocolates, com preparos já prontos. Mas eu era da época que chocolate quente mesmo tinha esse ar caseiro, preparado na hora. Reminiscências, sabe?

Pois então, foi aqui em Londres que eu redescobri um chocolate que me hipnotizou totalmente. Sabe essas lojas que tem aquela habilidade de simplesmente captar sua atenção de uma forma quase hipnotizante? Pois bem, essa é a Dark Sugars, uma loja de chocolates que tem dois endereços na Brick Lane, no lado leste de Londres, e que acredita que chocolate é uma coisa muito, muito séria.

A loja foi fundada por uma mulher, Nyanga, que veio do oeste da África e que passou anos se dedicando a encontrar o verdadeiro chocolate. Primeiro ela estudou na Suíça e na Bélgica para aprender as melhores receitas, mas sentiu necessidade de entender melhor os segredos e intimidades da matéria prima, o astro de qualquer chocolate. Para isso, ela passou alguns anos estudando os cacaus plantados no Brasil e em Gana. A loja traz um pouco disso no seu interior: é calorosa, é colorida, é rústica. Igual às nossas raízes.

Mas a estrela da loja, mesmo são os chocolates quentes. E foi para isso que a gente veio, né? 🙂

 

Como é o preparo do melhor chocolate quente que você vai tomar na vida

A coisa é tão bonita que parece um ritual. 😍

Primeiro, o chocolate é raspado em lascas, delicadamente, sobre uma tábua de madeira. O processo é lento, quase religioso, para o bel-prazer dos nossos olhos que não se cansam em antecipar aquelas lascas se amontoando sobre a madeira, e rezando para que o monte de chocolate que se forma só cresça, cresça, cresça.

Em tempo: você pode escolher se prefere o seu chocolate quente sendo branco, amargo ou ao leite… ou misturado. Seja o que quer que você escolha, fica ali a primeira lição do Dark Sugar: chocolate quente de verdade tem que ser feito com chocolate de verdade, feito por gente que sabe a intimidade necessária com o cacau para tirar dele o máximo de sabor. E chocolate de verdade vem assim, em barras – melhor dizendo, tijolos – de bruto prazer.

Daí, a atendente começa a preparar o leite, quente a ponto de ser um abraço, vaporoso, pronto para abraçar e derreter o chocolate e fazer a poção do amor que a gente quer.

Aviso: É comum ter uma fila na porta, e o preparo do chocolate demora. Abstraia. Já dizia a sabedoria popular que as melhores coisas da vida levam tempo – e quem é capaz de discordar que chocolate é uma delas?

Tudo pronto, é hora de colocar as lascas de chocolate sobre o leite, e ela entrega para a gente assim, com uma pazinha para irmos misturando tudo e vendo a mágica do derretimento acontecer. Foi só depois que eu fui na Dark Sugars descobri que tinha tomado chocolate quente errado a vida inteira – e ver o processo acontecendo, do preparo do chocolate até a parte final de lamber o palitinho de chocolate derretido é uma delícia. A gente começa a entender a Nyanga: chocolate é para levar a sério mesmo.

Levando para casa

O amor pelo chocolate quente não tem jeito, tem que viver ali e na hora. Mas é possível levar, sim, os chocolates da Dark Sugar para casa – eles vem em embalagens lindas, fofíssimas, em diversos sabores, formas e texturas. Há até deliciosas versões veganas, recheadas de licores, com crocantes ou não… Há para todos os gostos, e com lindas apresentações.

Chocolate de prosecco pode, produção? Pode sim! 🙂

Uma curiosidade são os chocolates com licores: a Dark Sugars criou uma versão em “pipetas” (dá para ver na foto alguns copinhos de chocolate com pipetas, que parecem cápsulas) no topo. Você aperta e o recheio, em licor, é injetado dentro do chocolate. Ou, simplesmente, você pode injetar por sobre o chocolate, ou comer direto a cápsula. Há uma versão de Bailey’s que é maravilhosa. Quem disse que não é para brincar com a comida? 🙂

As caixas para presentes são lindas, lindas, e algumas custam a partir de £8 libras. Em conta, e a certeza de dar um presente lindo!

Visitando a Dark Sugars:

Endereço: Duas unidades na Brick Lane, uma no número 141 e outra no 124. A estação mais próxima é a Shoreditch High Street.

Horário de funcionamento: Todos os dias, de 10 da manhã às 10 da noite.

Preços: Há caixinhas a partir de 8 libras, e opções mais elaboradas a partir de £15. O chocolate quente custa a partir de £2.75

Veja mais informações no website deles.

Faça um tour em Londres comigo! 🙂

A melhor forma de conhecer Londres a fundo, com todas as suas histórias e segredos, é fazendo um tour privado. Eu monto tours especializados e divertidos para atender a toda sua família!

Confira alguns tours que já oferecemos, veja os depoimentos de quem já fez ou mande um email para contato@dondeandoporlondres.com.br

Será um prazer receber você em Londres! 🙂

GOSTOU? DEIXE SEU FEEDBACK!

Por favor, deixe o seu comentário! :)
Por favor, escreva seu nome aqui